História de Jericó
Turma do Printy


Jericó, cidade forte e bem edificada
Por guerreiros violentos a cidade é guardada
Até contra as crianças levante sua mão
Tem homens perigosos que não compaixão.

Jericó é muito grande e muito bem fechada
Nela ninguém entra e dela ninguém sai
Muralhas invencíveis, terríveis portais em Jericó
Vamos batalhar com Deus em Jericó
Vamos triunfar com Deus em Jericó, em Jericó.

Jericó não conhecia o Rei das Nações
Que chama Josué e dá-lhe instruções
As trombetas vão tocar e uma vez por dia
Ao redor de Jericó, marchará a infantaria
Durante seis dias isto vai se repetir
Mas no dia sete as muralhas vão cair.
Com o tinido das trombetas e os gritos de louvor
Será glorificado o nome do Senhor.

Acontece que o povo da cidade não temeu
Zombaram de Israel, brincaram com o seu Deus
Diziam entre si, este povo é tão mesquinho
De tanto fazer voltas, cairão pelo caminho
Em contra partida, Israel obedecia ao líder Josué
Que somente a Deus ouvia
Este era o quadro no final do sexto dia
Enquanto Israel marchava, Jericó se divertia

Mas enfim chegou o dia da total destruição
E o medo tomou conta da cidade na ocasião
O barulho das trombetas e os gritos de louvor
Encheram Jericó de espanto e de pavor.

Os valentes da cidade procuraram se esconder
Quando as muralhas começaram a tremer
Mas na última volta o sucesso foi total
As muralhas desabaram, Jericó teve um final
Vamos celebrar com Deus, que é nosso Capitão
Por sua força e seu poder
Jericó foi para o chão
Vamos celebrar com Deus, que é nosso Capitão
Por sua força e seu poder,
Jericó foi para o chão.

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Alberto de Mattos (Xuxu). Isn't this right? Let us know.