[Sos]
Por que a gente não sai dessa festa chata?
Vou te levar pro meu quarto só pra ter o seu corpo só pra mim
Vamos nos trancar lá em cima
Vou instigar sua adrenalina, essa noite não tem fim
Olhando esse suor do seu corpo, só você tem o direito de tocar em mim
Eu vou fazer como se o fim chegasse hoje, talvez o fim chegue

Hoje eu vou te devorar
Hoje eu vou te devorar
Hoje eu vou te devorar
Ah, yeah, ah, yeah
Hoje eu vou te devorar
Ah, yeah, ah, yeah

[Kamaitachi]
Ela vem como Constantine, varrendo o inferno do meu imundo Jardim
Ó céus, o que fiz de bom pra receber um anjo serafim?
Nem lembro das boas ações, sou um Cérbero, sou um ser ruim
Que foi chutado do bem-dito paraíso, isso que eu lembro de mim
Lembro bem do bem-dito dos seus olhos, que brilhavam como chuvas de diamante que tem lá em Saturno
Lembro bem de como tu me encarava quando eu falava das atrocidades que fiz nesse mundo
Cruel e confuso
Frio e sujo
Tu é tipo Eleanor Roosevelt e eu sou pior que o Jerry Brudos
Cruel e confuso
Perfeitamente um ser imundo
Procurado pela Trindade infernal de um vazio submundo
Submundo

[Duzz]
Vai valer a pena
Todas nossas perdas
Coisas tão pequenas
Não posso parar
Desculpa se eu não sou quem era
Porque talvez eu nem fosse real, quem era?
O caos que sempre vem após a primavera
Uma transa que acompanha uma outra briga séria
Além da matéria
E imateriais que se amam em guerra
Se caçam na selva, encontram na terra
E agora perdemos frequência
A merda da minha paciência
Te leva pra longe de mim
A vida acontecendo enfim
Te leva pra longe de mim
A vida acontecendo enfim

[Sos]
Hoje eu vou te devorar
Hoje eu vou te devorar
Hoje eu vou te devorar
Ah, yeah, ah, yeah
Hoje eu vou te devorar
Ah, yeah, ah, yeah
Hoje eu vou te devorar

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct