Nossa vida era um paiol
E cada hora era um segundo
Que perdemos procurando
E deparamos com absurdos
Mas ataram nossas mãos
E nos cerraram os olhos
Nossa juventude onde está?
Somos crianças e nos perdemos da ciranda
Já não podemos voltar atrás

Sem sentir os dias passam
Pela janela dos fundos
Nossos sonhos desmoronam
Dentro de um quarto escuro

Mas a vida deixou marcas mais profundas
Bem mais difíceis de apagar
Qual foi o erro se tentamos quase tudo
Não nos deixaram acertar

Mesmo se eu estiver completamente bêbado
Andando a esmo pelas ruas
Mesmo sem permitir que você entre em meus sonhos
Como corpo e como sangue, somos um...
E não estammos tão perdidos quanto achamos
Estamos sós

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: C.Galvão / Marcelo Hayena / N.Nunes / R.pereira. Isn't this right? Let us know.