Sempre que ela passa
Num passinho ligeiro, teleco-teco
Lá vai ela no passinho ligeiro
Todo mundo diz teleco-teco
Meu Deus, quanta graça!
Mas logo, alguém diz teleco-teco
Que carinha fechada
Que não dá uma bola
Não ri pra piada
Não quer mesmo nada
Sempre que ela passa
Mas eu sei porque, teleco-teco
Ela só anda assim, teleco-teco
Num passinho brejeiro, tiquinho, trançado
É porque ela sabe que a conversa não dá resultado
De modo que guarda, muito bem guardado
Aquele teleco-teco todinho pra mim
Porque ela guarda aquele teleco-teco todinho pra mim

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct