vistas 117

Borboleta de Deus

Voz da Verdade


Eu vivia num casulo a sofrer
E sofria sem perceber
Que havia uma força extra
Que me fazia lutar sem parar

E eu via o mundo debaixo
Me sentia o menor dos menores
Impossível pra mim era crer
Que um dia eu pudesse voar

Borboleta de Deus eu sou
Do casulo me libertou
Vou voar sobre os montes
Ir muito além, pra chegar em Jerusalém

Hoje eu voo por cima dos mares
Eu sou cabeça, e não sou cauda
Eu sou de cima, não sou de baixo
Desde que Cristo me libertou

As minhas asas são grandes e coloridas
Igualmente hoje é a minha vida
Hoje eu vejo tudo por cima
Desde que Cristo me libertou

Borboleta de Deus eu sou
Do casulo me libertou
Vou voar sobre os montes
Ir muito além, pra chegar em Jerusalém
Borboleta de Deus eu sou
Do casulo me libertou
Vou voar sobre os montes
Ir muito além, pra chegar em Jerusalém

Vou voar sobre os montes
Ir muito além, pra chegar em Jerusalém