Num outro dia eu fui tocar lá na fronteira
E uma cocota dessas louca por alpiste
Meio borracha e tapadinha de porquera
Me confundiu com um cantor dos tal de 'Bitre'
Trepô no palco requebrando esse meu som
Soltando a pena foi me dando akele toque
Me disse: -"Pô, qualé a tua meu Jon Jon!"
É tri massa viajar nesse teu toque
"Oiei" pra "percanta" e vi que era um bicho bom
E nem sabia que meu nome era Xirú
Mexi com as crina pros guri mudar o tom
E disse:-"china agora eu vou cantar pra tú"

[Ref.]
Ai tic pac, tic pac, tic pac
Eu não sou John Lennon, eu sou Xirú
Ela toda pop ligadinha no meu toc
Ai tic pac, tic pac, love you

E uma guitarra só chorava desse jeito
Num Tic pac desses louco de especial
Por uma teta"quase" que me estoura o peito
Só pra fazer mais uma vez o rock'n'roll
A chinoquinha tava afim e muito louca
"Encapetada" se "tapô" de fumaceira
Tirou no palco a calça, blusa e toda roupa
Ficou dançando só de tanga e de peiteira
Pecheriquinha, tu te apruma e não provoca
Fica na tua por que eu sou flor de animal
Tu te bobeia eu te arrasto la pra biboca
Pra dança xote e campeirar no meu bagual

[Ref.]
Ai tic pac, tic pac, tic pac
Eu não sou John Lennon, eu sou Xirú
Ela toda pop ligadinha no meu toc
Ai tic pac, tic pac, love you

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct