Animalzinho teimoso

Xiru Missioneiro

vistas 63

Eu sou um xiru "véio" com mais de setenta
com terra nas venta da poeira da estrada
falei pra mim mesmo, será que tu aguenta
e me fui pras tibúrcias dá uma namorada
topei com uma tianga louca das pata
que lá pela tasca era respeitada
bananeira nova querendo dá cacho
e eu meio borracho, fui dá uma tentiada.

Aí, não me faz cócegas, há, há, há
pegou a me morder, hê, hê, hê
animalzinho teimoso, hu, hu, hu
e eu morto de ri, hi, hi, hi...

"Atemo a carrera e se fumo" pra lida
total essa vida é pra leva frautiada
se veio roncando e nós dois se agarremo
e "quaje se matemo de bejo" e dentada

A tipa era gringa de Flores da Cunha
me grudou as unhas, china desgraçada
me deu uma surra e um coice no saco
fui ficando fraco e só dava risada.

Eu daquele jeito e a tianga querendo
fungando e gemendo chegando pro lado
me trancou no quarto e jogou a chave fora
minha Nossa Senhora, aonde é que eu tô enfiado
apelei pra São pedro e pra São Benedito
e a "tiburcia aos gritos não froxô" a parada
montada a cavalo me "babô as oreia"
que "cosa" bem feia eu dava risada.

Amolentada a "gorpe amuntuemo" no chão
e ela aos tirão, me enfiou um pé na cueca
da tarimba fraca 'arranquemo' as estaca
a coice e 'tronchasso, se levemo' a breca
no final eu reagi e pra paga o desaforo
me virei num touro e ganhei a parada
me fui pra riba entre beijo e amasso
virou num bagaço a china desgraçada.

Composición: Pedro Bica / Xiru Missioneiro · ¿Ese no es el compositor? Avísanos.
Enviada por Rafael
¿Ha visto algún error? Envía tu correccíon.