Não vou te machucar
Mais do que já fiz
Na nossa coleção
Já não cabe outra cicatriz
E é tão difícil quando eu deito só
E não sei como agir
As coisas que a gente automatizou

Não parecem mais
Vir com precisão
E eu parei de insistir
Desculpe então!
Você merece o mundo
E eu talvez não

Armários e gavetas sem
Nada seu pra guardar
É tão estranho como as coisas
Mudam, sem avisar
Se é tão difícil me tirar de casa
Eu não sei, Mas prefiro assim
Os dialetos que a gente inventou

Não parecem mais
Vir com precisão
E eu parei de insistir
Desculpe então!
Você merece o mundo
E eu talvez não

Se o tempo nos fizer melhor
E somarmos juntos
Sem nos diminuir
Calados nos comunicar
Do jeito que a gente sempre fez
E em algum momento se esqueceu
De fazer

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Gabriel Zander. Isn't this right? Let us know.
Sent by Thiago. Revised by 2 people . Did you see an error? Send us your revision.