Photo of the artist Zé Neto e Cristiano

Tempestade Em Copo de Cerveja

Zé Neto e Cristiano


E já passou 365 dias
Só esse mês
Eu fui e voltei
Da sua porta a um bar de esquina
Dava pra ir pra china

E o peito quanto mais vazio
Mais apertado vai ficando
Eu tô mal
Passou de sofrimento pra calamidade pessoal

Tô fazendo um brinde aqui
Pra quem não ta pensando agora em mim
Garrado na saudade
Batendo de raiva na mesa
Tempestade em copo de cerveja

Tô fazendo um brinde aqui
Pra quem não ta pensando agora em mim
Garrado na saudade
Batendo de raiva na mesa
Tempestade em copo de cerveja

Tô fazendo um brinde aqui
Pra quem não ta pensando agora em mim
Garrado na saudade
Batendo de raiva na mesa
Tempestade em copo de cerveja
Me deixa ⠀

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Bruno Cesar / Douglas Mello / Flávinho Tinto / Nando Marx · This isn't the songwriter? Let us know.
Sent by Tatiane
Did you see an error in the lyrics? Send us your correction.