Pela estrada da saudade
Me acompanha o abandono
Nas noites de solidão
Amanheço sem ter sono
No meu peito magoado
Desgosto fez o seu trono
Herança de um grande amor
Que amei sem ser o dono

Pra roubar os seus carinhos
Fazia longas jornadas
Cabrestiado pela força
Da paixão desenfreada
Ela era a estrela guia
Luz da minha madrugada
Para mim ela foi tudo
Eu pra ela não fui nada

Foi mais uma desventura
Como tantas que acontece
Ela já se esqueceu
De quem nunca lhe esquece
Quando vou pra aquelas bandas
Coração chora e padece
Porque aqueles caminhos
Mil lembranças me entristece

Ao passar a encruzilhada
No meu cavalo montado
Ele qué tomar as rédeas
Ao caminho acostumado
Não sabe que aquele amor
Já é coisa do passado
E não sabe que seu dono
Está morrendo apaixonado

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct