Photo of the artist Zico e Zeca

Quando a Saudade Machuca

Zico e Zeca


O boiadeiro quando vai pela estrada
Tocando a boiada a lembrar de um bem querer
Na distância do caminho, a saudade é mais pungente
Aquele amor eloqüente é a razão do seu viver

Vai a saudade machucando ele
A cada passo na longa estrada
Quando escurece ele faz o pouso
Sonhando sempre com a sua amada

Vai a saudade machucando ele
A cada passo na longa estrada
Quando escurece ele faz o pouso
Sonhando sempre com a sua amada

Assim na vida todos tem o seu roteiro
Também fui boiadeiro, muitos anos viajei
Comparando-me com ele há pequena diferença
É que eu perdi a crença da mulher que eu mais amei

Vai a saudade machucando ele
A cada passo na longa estrada
Quando escurece ele faz o pouso
Sonhando sempre com a sua amada

Vai a saudade machucando ele
A cada passo na longa estrada
Quando escurece ele faz o pouso
Sonhando sempre com a sua amada

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct