Canção do Pontoneiro (Exército Brasileiro)

2° Tenente Aurélio de Lyra Tavares


Nossa fé, nosso ardor, nossa esperança
Não teme nada, nem a própria morte
Cada vez que o perigo nos alcança
O pontoneiro é cada vez mais forte

Pontoneiro, avante, pontoneiro
Ergamos nosso braço varonil
Para suster com vigor de brasileiro
Sempre mais alto o nome do Brasil!

Se o rio é largo, o pontoneiro audaz
Vence-o lutando, conquistando a glória
E, sobre a ponte que seu braço faz
Passa a coluna em busca da vitória

Pontoneiro, avante, pontoneiro
Ergamos nosso braço varonil
Para suster com vigor de brasileiro
Sempre mais alto o nome do Brasil!

Trabalhemos marchemos para adiante
Vendo o nosso pavilhão de anil
As glórias de Cabrita e de Amarante
Nos chamando a lutar pelo Brasil

Pontoneiro, avante, pontoneiro
Ergamos nosso braço varonil
Para suster com vigor de brasileiro
Sempre mais alto o nome do Brasil!

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: 2° Tenente Aurélio de Lyra Tavares. Isn't this right? Let us know.