Um grito pronto pra saltar
Das paredes da garganta
Corte seco pro seu olhar

Os olhos sem pestanejar
As pupilas dilatadas
Quase nada a declarar
Chaleira já vai apitar

Tudo nesse tempo morto
A qualquer momento pode
Acontecer

Pode pegar fogo nesse
Apartamento
De ressentimento pode o chão
Se abrir

Dentro desse tempo morto
A qualquer momento pode
Amanhecer

Poderá o sol que entrar dissipar
Névoa de rancor?

Torneira não para de pingar
O cachorro ergue as orelhas
Um silêncio ensurdecedor

Nem alma se vê do quinto andar
Treme a perna sob a mesa
A comida vai esfriar
Um ano ou dois - se não for mais

Tudo nesse tempo morto
A qualquer momento pode
Acontecer

Pode pegar fogo nesse
Apartamento
De ressentimento pode o chão
Se abrir

Dentro desse tempo morto
A qualquer momento pode
Amanhecer

Poderá o sol que entrar dissipar
Névoa de rancor?

Ou como se reinventar sem ficar
Preso ao pavor?

Ou que condução pegar de manhã
Se tudo acabou?

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Caê Rolfsen / Leo Biachini / Vinicius Calderoni · This isn't the songwriter? Let us know.
Sent by Isabella, Subtitled by Clara e Ana
Did you see an error in the lyrics? Send us your correction.