Cresce o medo na cidade, cresce o ódio cidadão
Pelas ruas caminhando, filhos da revolução
Pois a plebe ressuscita, em um mundo sem razão
Se, sentindo apresionados, pelos donos da nação

Adolescência, escuto sua voz pelo ar
Adolescência, mais uma criança a chorar

Jovens protestam, bandeiras se queimam
Guerrilhas de luta, rompendo fronteiras
Correntes quebradas, nem dor, nem racismo
Amigos mãos dadas no mesmo caminho

Adolescência, escuto sua voz pelo ar
Adolescência, mais uma criança a chorar

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct