views 50
Photo of the artist Altemar Dutra

Velha Companheira

Altemar Dutra


Não tenho ódio dentro do meu peito
Com muito jeito vou dizer quem sou
Não tive idéia de sentir despeito
Nem sentir mágoa, nem guardar rancor
Tu me desprezas, velha companheira
Será castigo o que eu estou pagando
Teu sangue não corre na minha veia
Mas é por ti que estou chorando

Ai, ai, ai, ai velha companheira
Não me desprezes nem por brincadeira
Ai, ai, ai, ai velha companheira
Sempre serás o meu amor primeiro

A vida é linda, pura e sem maldade
Somos culpados de um mal que existe
Se um dia fomos o amor perfeito
Por que agora encontrar defeito?
Não te desprezo, velho companheiro
A vida inteira estarás comigo
Mesmo que falem que era fingimento
Você está vivo no meu pensamento

Ai, ai, ai, ai velha companheira
Não me desprezes nem por brincadeira
Ai, ai, ai, ai velha companheira
Sempre serás o meu amor primeiro

A vida é linda, pura e sem maldade
Somos culpados de um mal que existe
Se um dia fomos o amor perfeito
Por que agora encontrar defeito?
Tu me desprezas, velha companheira
Não se despreza um verdadeiro amigo
Mesmo que falem desse amor perdido
Meu coração sempre estará contigo