Porque estais inquieto se foi Deus quem te escolheu
Mesmo não merecendo ele vê e não se esqueceu
Como foi com Agar e Ismael, ele fez a promessa
Ele mesmo provou
Colocou no deserto e o pão acabou
Parecia o fim quando o odre secou

Colocou Ismael sentado e foi pra longe chorar
Não tinha saída daquele deserto
Só restava agora a morte chegar
Mas Deus lembrou da promessa que fez
Quando ouviu o menino chorar, enviou o anjo
E Agar enxergou o poço que tinha naquele lugar

Saciou a sede e encheu o odre
E reconheceu que só o senhor é Deus e a fez prosperar
Entre outras histórias que Deus operou
Mandou livramento, milagre chegou
E com você não vai ser diferente
Ele é providência, ele nunca mudou

Se for livramento ele tem
Na fornalha ele entra também
E pra tempestade acalmar
Ele anda por cima do mar
Ele é entra na cova e acalma os leões
Ele estremece a terra e derruba prisões
Ele abala os montes, muda de lugar
Para Sol e Lua para te guardar
Quebra o arco e corta lança
Queima os carros no fogo
Aquietai e sabei que ele é Deus
Ele guerreia a favor do seu povo
Quando ele fala ele sabe o que faz
Não há nada que faça ele voltar atrás
Fica quieto, dorme tranquilo
E aprende a esperar
Você vai vencer de novo

Se for providência ele tem
No calor do deserto, ele é nuvem também
Tem coluna de fogo para te guiar
Tem veste crescendo pra você usar
Tem água da rocha pra você beber
Tem maná todo dia pra você comer
Os teus inimigos não te alcançaram
Ele fecha o mar e eles pereceram
O arco de guerra vai ser destruído
E quem te persegue vai ser confundido
Não há nada que pare um ungido de Deus
Nem faça calar quem ele quer usar
Deus não é homem para mentir
Nem filho de homem pra se arrepender
Com obras perfeitas ele cumprirá
A sua aliança ele jamais quebrará
Basta apenas esperar, confiar, descansar

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct