Me enrolei na sua teia
Me enfiei no seu meio
Eu engoli sua essência
Eu nunca uso o freio

Me encantei com seu jeito
Me filiei na sua seita
Eu me enchi de imagens
Eu nunca uso a cabeça

Eu gosto do gosto da raiva
Eu gosto do gosto da raiva

Não sei o que você pensa
Meu corpo grita e queima
Não tenho resistência sob a sua inflûencia

Eu acordei na tormenta
Comi um prato de sódio
Passei as portas do inferno
Eu me alimento de ódio

Eu gosto do gosto da raiva
Eu gosto do gosto da raiva
Eu gosto do gosto da raiva

Não sei o que você pensa
Meu corpo grita e queima
Eu não tenho resistência
Sob a sua influência

Me envenenei com sua seiva
Eu vivo a sua espreita
Eu me aliei com o capeta
Eu nunca uso a cabeça

Eu gosto do gosto da raiva
Eu gosto do gosto da raiva
Eu gosto do gosto da raiva

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Andre Frateschi / Mauro Motoki. Isn't this right? Let us know.