A ilha é um naco de concreto
Cercada de carros por todos os lados
A maré avança sobre a ilha sem que perceba
As moto-piranhas avançam no farol enguiçado
Os tubacarrões começam a ficar empilhados

Ao som das ondas de automóveis, ninguém se escuta
Enquanto espero o feriado eu fumo essas bitucas
E me distraio com as crianças jogando
Bolinhas bem alto pro céu
E somo o número das placas
E monto palavras com as letras também

Eu não consigo passar
Vou ficar na ilha até o movimento acabar
Eu não consigo passar
Vou ter que esperar um feriado chegar
Eu não consigo passar
Vou ficar na ilha até o movimento acabar

Eu sumo como um ninja urbano
Em meio à fumaça que sai pelos canos
Mas a manada de automóveis não me dá chance
O outro lado da calçada parece miragem
Tá fora de alcance
E um humano motorista me dá uma mordida
Do seu MC lanche

Eu não consigo passar
Vou ficar na ilha até o movimento acabar
Eu não consigo passar
Vou ficar na ilha até o movimento acabar
Eu não consigo passar
Vou ter que esperar um feriado chegar
Eu não consigo passar
Vou ter que esperar um ferido chegar
Eu não consigo passar

Todo homem é uma ilha, todo homem é uma ilha
Todo homem é uma ilha, todo homem é uma ilha

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct