Ainda que eu cantasse mil canções
E elucidasse mil razões
Nada disso seria maior do que,
Apenas um relance do Teu olhar
Apenas um toque das Tuas mãos,
Apenas um sopro da Tua boca, ô Deus

Eu prefiro estar um só dia nos Teus átrios
Do que viver há mil por hora distante de Ti
O pardal procura por casas
A andorinha por seus ninhos
Eu procuro por Teus altares
Rei meu e Deus meu

Meus sacrifícios oferecerei
Guardadas as devidas proporções
Do sacrifício do Teu Filho, ô Deus
Minhas vestes de justiças diante das Tuas
Não passam de um trapo da imundícia
Me sinto pobre, necessitado, necessitado de Ti

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct