Batuques do Meu Lugar

Arlindo Cruz


Zabumba e sanfona
Toquei lá no Ceará
Congo e catira
Dancei lá em mossoró
Fandangos, caboclinhos
No Pará, o carimbó
Batá no baticum
Deu umbigada e o boi bumbá

A benção na Bahia
Com o axé do afoxé
Rojão maculelê
Samba de roda e candomblé
Me embalei no xote
E xaxado no sertão
No reggae sanfonado
Que vem lá do Maranhão

Seresta em BH
Quimombo do siriri
Chamame, catopé
Cacuria é Cacui
Mil coisas eu vivi
Igual ao samba eu nunca vi

Surdo e Pandeiro
Com ganzá e tamborim
A força do batuque
Desse som tocou em mim
A grande apoteose
Do terreiro me encantou
Herança de família

Vem do avô, do meu avô
Bate palmas pra exaltar
Seu Zé, Iaô
A paz, de Obatalá
Tambores de Xangô
Os bambas do lugar
Se curvam para o rei Samba

Surdo e pandeiro
Com ganzá e tamborim
A força do batuque
Desse som tocou em mim
A grande apoteose
Do terreiro me encantou
Herança de família
Vem do avô, do meu avô
Bate palma pra exaltar
Seu Zé, Iaô

A paz, de Obatalá
Tambores de Xangô
Os bambas do lugar
Se curvam para o rei sambar
Os bambas do lugar
Se curvam para o rei sambar
Os bambas do lugar
Se curvam para o rei sambar

O rei sambar
O rei sambar
O rei sambar

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Arlindo Cruz / Rogê. Isn't this right? Let us know.
Sent by Vanessa. Revised by 3 people . Did you see an error? Send us your revision.