De banzo eu não sofro
Eu não sofro não
África oyer no meu coração

De banzo eu não sofro
Eu não sofro não
África oyer no meu coração

E na lagoa do Abaeté
O perfume de flor
De uma flor mulher

E na lagoa do Abaeté
O perfume de flor
De uma flor mulher

O Olodum vai, olodum vai
Vai subindo o pelourinho
O Olodum vai, olodum vai
Vai seguindo seu caminho

Sensual e verdejante ilubrilhou
E abanificou a nossa cor
E proliferou com epidemia
Mas a fé continuou a cada dia

Sensual e verdejante ilubrilhou
E abanificou a nossa cor
E proliferou com epidemia
Mas a fé continuou a cada dia

Iô iô iô iô
lê lê lê lê lê lê lê
Iô iô iô iô
lê lê lê lê lê lê lê

De banzo eu não sofro
Eu não sofro não
África oyer no meu coração

De banzo eu não sofro
Eu não sofro não
África oyer no meu coração

E na lagoa do Abaeté
O perfume de flor
De uma flor mulher

E na lagoa do Abaeté
O perfume de flor
De uma flor mulher

Iô iô iô iô
lê lê lê lê lê lê lê
Iô iô iô iô
lê lê lê lê lê lê lê

Eu também vou
Terça na levada do Olodum
Eu vou também
Terça lá nas bandas do pelô
Eu vou também com meu amor

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Domingos Sergio / Lazinho / Nego Do Barbalho. Isn't this right? Let us know.