Photo of the artist Blaya

Bem Firme (part. Virgul)

Blaya


Eu estou bem firme e sei bem porque lutei
Sei donde vim, para onde foi o que serei?
Passo a passo, sem medo, eu estou na luz
Tudo é incerto e o que é certo me conduz

Natural, amoral
Não há ninguém igual
Minha vida é só minha, e pura, que vida, ela dura, me passa, ela fura

Eu gingo, me gingam
Mas sinto, e minto
No limbo, não fico sentada à espera desse tio

Eu estou bem firme e sei bem porque lutei
Sei donde vim, para onde foi o que serei?
Passo a passo, sem medo, eu estou na luz
Tudo é incerto e o que é certo me conduz

Baby, vai com calma
Mantém a tua vida na tua palma
E, quando eles falarem, deixa falar
Deixa p'ra lá

Faz, faz-faz o que quiseres
Não olhes p'ra trás (não)
Línguas há muitas
Só tu sabes que és capaz (sim)

Fala nas calmas
Relaxa, encaixa
Esquece os problemas
Sai dessa caixa

Eu estou bem firme e sei bem porque lutei
Sei donde vim, para onde foi o que serei?
Passo a passo, sem medo, eu estou na luz
Tudo é incerto e o que é certo me conduz

Baby, vai com calma
Mantém a tua vida na tua palma
E, quando eles falarem, deixa falar
Deixa p'ra lá

Deixa p'ra lá

Tudo só é tudo quando a dor anda junta
De mãos dadas com um sorriso e multidão, pergunta
Por que é que ela é assim? É diferente jardim
Mas só se joga pedra, nabo, que dá fruta madura

Caia, caia, muitos querem que ela caia
Mas o círculo é restrito no
Eu canso em navalhas e feridas ponho banda e
Não há vitórias sem batalhas, hoje é um grande day

Baby, vai com calma
Mantém a tua vida na tua palma
E, quando eles falarem, deixa falar
Deixa p'ra lá

Deixa, deixa, deixa p'ra lá
Deixa, deixa (deixa p'ra lá)
Deixa, deixa, deixa p'ra lá
Deixa, deixa
Deixa p'ra lá!

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct