Jogo de malandro nunca fica no zero a zero
Por isso toda mulher que dá cartaz pra malandro
Sempre acaba levando ferro

E há de doer, em que fere ou sai ferido
Por isso toda morena sempre acaba
Deixando o malandro sem abrigo

(Ai, ah, ia, ah, a ia, ô ia ô ia, ô ia)

Que não arrisca na brincadeira
Sabe bem aonde vai
Vai coloca logo na geladeira
Porque se marcar bobeira o malandro te atrai

Não vou dizer que é ruim
Ou que o gosto não me satisfaz
No começo é uma maravilha
Mas no fim, dói demais

(2x)

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct