views 30

Seguindo em disparada adimiravel trilha galgar em malocas e mansões mais canções em dimensões longiquas
Bater nas panelas vazias pra preencher
a gente não quer só comida um Titã bradou certa vez
Diversão e arte saída para qualquer parte
viver e não pela metade
Como Dante Alighieri proponho o Renascimento
é um Get Up Stand Up há tempos que eu não estendo bandeiras
Sem panfletagem
Meu compromisso não é omisso mesmo que eu viaje
com os fones de ouvido focado pra paisagem
Que se faz mais incrivel e eu cultivo a cada quilometragem
plante flores onde fores é a frase que propago
continue a emitir luz por mais que tudo ainda pareça claro
e é claro caso eu cruze contigo no fim do arco-iris almejo o mesmo brilho sincero na sua iris.

Horas,histórias glórias poucas pra narrar com essa voz rouca
Versos em Prosa notas aleatórias nessas folhas soltas

Guri nato do mês das flores já no parto genipapo se fez forte o Urso desperta o inverno nunca falha em se tornar primavera com o sol de setembro num semblante atento ao tempo.A ponte invisivel e volante que te conduz ao templo imaterial cada um é uma pedra fundamental pilar e degrau tonal e nagual tempo e espaço dá lugar a energia e matéria e nas artérias a pulsar vibrações positivas pra nova era.
Se tá na ativa desativa a radioativa tela.
Observe a tela de Portinari em uma moldura há mais emoção que seis horas de domingão do Faustão.

Horas,histórias glórias poucas pra narrar com essa voz rouca
Versos em Prosa notas aleatórias nessas folhas soltas

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Wagner Luiz Peixoto Da Silva. Isn't this right? Let us know.