Inicia sesión para activar tu suscripción y eliminar los anuncios

Iniciar sesión
visualizaciones de letras 10.141

Maria Moita

Carlos Lyra

Nasci lá na Bahia
De mucama com feitor
Meu pai dormia em cama
Minha mãe, no pisador

Meu pai só dizia assim: Venha cá
Minha mãe dizia sim, sem falar
Mulher que fala muito perde logo seu amor

Deus fez primeiro o homem
A mulher nasceu depois
E é por isso que a mulher
Trabalha sempre pelos dois

O homem acaba de chegar, tá com fome
A mulher tem que olhar pelo homem
E é deitada, em pé
Mulher tem é que trabalhar

O rico acorda tarde
Já começa a resmungar
O pobre acorda cedo
E já começa a trabalhar

Vou pedir ao meu Babalorixá
Pra fazer uma oração pra Xangô
Pra pôr pra trabalhar
Gente que nunca trabalhou

Pra pôr pra trabalhar
Gente que nunca trabalhou

Pra pôr pra trabalhar
Gente que nunca trabalhou

Pra pôr pra trabalhar
Gente que nunca trabalhou

Pra pôr pra trabalhar
Gente que nunca trabalhou

Pra pôr pra trabalhar
Gente que nunca trabalhou
Pra pôr pra trabalhar
Gente que nunca trabalhou, uou, uou

Agregar a la playlist Tamaño Cifrado Imprimir Corregir
Compuesta por: Carlos Lyra / Vinícius de Moraes. ¿Los datos están equivocados? Avísanos.
Traducida por Bárbara. Revisiones por 2 personas . ¿Viste algún error? Envíanos una revisión.

Comentários

Envie dúvidas, explicações e curiosidades sobre a letra

0 / 500

Faça parte  dessa comunidade 

Tire dúvidas sobre idiomas, interaja com outros fãs de Carlos Lyra e vá além da letra da música.

Conheça o Letras Academy

Enviar para a central de dúvidas?

Dúvidas enviadas podem receber respostas de professores e alunos da plataforma.

Fixe este conteúdo com a aula:

0 / 500


Opções de seleção