Dentro da mata
Ela mora, adora
A mata para morá
Prá ver a caipora basta assobiá

E quando ela aparece
Parece que é
Prá ficar
Quando menos se espera vai embora

E se adivinhá
O que ela perguntá
Ela deixa saudade em qualquer lugar

Caipora
Não vai embora
Caipora
Viola chora
Ó Caipora
Sempre tem uma história prá se contar

Ama a fauna e a flora
As cochoeiras, os matagá
E se a viola chora ela quer cantá

E quando a gente implora
Sente saudade pr'ela voltá
Ela aparece agora
Basta assobiá

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Fernando Salém / Luiz Macedo. Isn't this right? Let us know.