Eu hoje nem resolvi sair
Vou ficar em casa pra de fato encarar
Vou esperar pelo meu medo chegar
Pra quem sabe a gente possa até conversar

Em plena quarta-feira
Ele vem de novo causando tumulto
Abalando minha cabeça
Tão frágil e cansada de viver nesse mundo

Um café pra tomar
Uma história a contar
E eu aqui nesse lugar
Sem saber pra onde ir
E de tudo que eu senti

Vou esperar pelo vento
Soprar, me guiar...
Uô, uô

Viagens astrais me convencem de que
O certo as vezes parece não ser
Obra do acaso...
Um fundo falso, um labirinto no escuro
Enfrento um desespero
Me moldo e revolto enganando o futuro
Parece um tropeço
Mas na verdade o preço é bem mais caro que tudo

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct