Ah José,
Parece que pra ti já deu irmão
Na festa já não há ninguém de pé
Sequer pensaram em te tirar do chão.

Ah seu Zé,
A luz que ali havia se apagou
Disseram que você está sem mulher
E o mar que morreria já secou

Chave há,
Mas não encontra a porta
E bem, quiçá, uma valsa Vienense
Pra ninguém poder te escutar
Um outro alguém
Um nome pra você zombar

Corre pra Minas
Ter a paz em Minas
Quer morrer em Minas
Minas há mais.

Um lugar,
Me diz pra onde marcha a esperar
Em vão aquele bonde traz refém
A utopia em claustro e um porém
Pra que verdade irá apontar?

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct