Laçada Certeira

Chico Rey e Paraná

vistas 17

Hoje eu vou soltar as rédeas do meu coração
Já tô montado no lombo do meu alazão
Hoje eu vou ralar a coxa nesse arrasta-pé
Gastar a sola da bota até o couro do pé

Minha laçada é certeira, é hoje que eu jogo o laço
Se a menina é ligeira eu grudo ela nos braços
E se a mulher me der bola o garanhão tá a fim
Quero laçar nessa noite uma potranca pra mim
Pode ser loira ou morena venha como vier
E eu precisar de amor precisa de uma mulher

Hoje eu vou soltar as rédeas do meu coração
Já tô montado no lombo do meu alazão
Hoje eu vou ralar a coxa nesse arrasta-pé
Gastar a sola da bota até o couro do pé

Hoje eu vou soltar as rédeas do meu coração
Já tô montado no lombo do meu alazão
Hoje eu vou ralar a coxa nesse arrasta-pé
Gastar a sola da bota até o couro do pé

Minha laçada é certeira é hoje que eu jogo o laço
Se a menina é ligeira eu grudo ela nos braços
E se a mulher me der bola o garanhão tá a fim
Quero laçar nessa noite uma potranca pra mim
Pode ser loira ou morena venha como vier
E eu precisar de amor precisa de uma mulher

Hoje eu vou soltar as rédeas do meu coração
Já tô montado no lombo do meu alazão
Hoje eu vou ralar a coxa nesse arrasta pé
Gastar a sola da bota até o couro do pé

Hoje eu vou soltar as rédeas do meu coração
Já tô montado no lombo do meu alazão
Hoje eu vou ralar a coxa nesse arrasta-pé
Gastar a sola da bota até o couro do pé