Tudo que faço é assim, de viola e coração
Pois viola é minha alma
E minha alma é canção.
As dez listras no meu peito são dez cordas a cantar
Tudo aquilo que é puro e faz o caboclo chorar.

Vem e vai, vem e vai noite de luar
Vem e vai, vem e vai fruta no pomar
Vem e vai, vem e vai tempo de fartura
Vem e vai, vem e vai sem perder a postura

Cada dia é um dia pra tudo se renovar
Cada hora é uma hora pra perder ou pra ganhar
Pra quem vai dormir no ponto,
Seu cavalo vai passar
Opção será só sua de selar ou cochilar.

Vem e vai, vem e vai noite de luar
Vem e vai, vem e vai fruta no pomar
Vem e vai, vem e vai tempo de fartura
Vem e vai, vem e vai sem perder a postura

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct