Photo of the artist Diapasão

Há Festa na Aldeia

Diapasão


O mês de Agosto voltou e o verão abraçou, a minha aldeia natal
são feiras e romarias, bailes e cantorias, do meu lindo Portugal
há fados e guitarradas, comes, bebes, noitadas, na minha aldeia também
vou-me vestir a rigor, e um fato comprar, para no baile ir dançar

Hoje há festa na aldeia, vou ter de encontrar par
hoje há festa na aldeia e quero, à noite ir dançar
hoje há festa na aldeia, vou ter de encontrar par
hoje há festa na aldeia e quero, à noite ir dançar

-Riff de sopros

Solta o foguete e estremeçe, a malta lá na quermesse, a festa já começou
vai passar a procissão, e vem chegando o andôr, de Cristo Nosso Senhor
na minha aldeia é assim, a festa nunca tem fim, de manhã cedo ao sol-pôr
o que é preciso é gostar, de ouvir a banda tocar, e no baile vou entrar

-Refrão

-Riff de sopros

-Refrão

-sobe 1/2 tom

-Refrão

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct