Onde foi parar a noite que eu guardei
Só pra mim e você
Às vezes eu me perco tanto em problemas
Que esqueço de pensar em mim
Não encontro mais sorriso ao abrir a porta
E meus ombros carregam pelos cantos
Frustrações sobre coisas que eu nem sei
Se vivi

A vida nos envolve tanto
Que o tempo passa sem fazer ruído
Mas nossos olhos diante do espelho
Não mentem.

Às vezes tento disfarçar a solidão
Mas fica difícil esconder
Quando no silencio do travesseiro o pranto surgir baixinho
(Ás vezes eu me perco tanto...).

A vida nos envolve tanto
Que o tempo passa sem fazer ruído
Mas nossos olhos diante do espelho
Não mentem

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct