Photo of the artist Erasmo Carlos

Tempo de Menino (Alô Tijuca) (part. Pedro Luís)

Erasmo Carlos


Alô, Tijuca
Você tá no cancioneiro
Desde os sambas de terreiro
Até o pop nacional
Tim Maia
Jorge Ben, Erasmo Carlos
O Aldir e o Roberto fazem seu manancial

Buscar a redenção
Por meio da canção
É mais que obrigação, é possibilidade
Pro bairro tradição
História da nação
Vir contrabalançar
O peso da bela e terrível cidade

Divino!
Insano!

Tempo de menino é muito mais humano

Divino!
Insano!

Tempo de menino é muito mais suburbano

Desde os cafezais
Imemoriais
De tantos barões que batizaram ruas
Aos tempos de após
Já industriais
Fios que teceram as histórias tuas

Fábrica apitou
Moleque, vai pra escola
Lambe-lambe registrou
Rei-rainha, pião, bate-bola
Pique, chafariz
Volta de charrete
E no carnaval do asfalto, beijo e confete

Divino!
Insano!

Tempo de menino é muito mais humano
Tempo de menino é muito mais suburbano

Divino!
Insano!

Divino!
Insano!

Divino!
Insano!

Divino!
Insano!

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct