Pedidos da meia-noite que não foram atendidos
E passados conturbados, contos loucos não contidos
O desejo da verdade surge quase que cuspido
Eu só tava aqui tentando acordar sem ressacar

Noite inversa, sorte essa que me fez pensar comigo
Somos jogo, somos beijo, somos cerveja e amigos
Somos só sexo, análise e argumentos antigos
Mil histórias, mil acasos e mil causos pra contar

Ande como todos
Se vista como todos
Faça o que todos fazem
Tenha só planos comuns
Viva como todos
Pense como todos
Ame como todos
E seja só mais um

Por aqui o rio é raso e o barqueiro é pervertido
Se escondeu a poesia, num lugar bem escondido
E um dia já foi moda o pensamento refletido
E o valor do amor não tá fácil de encontrar

Põe a lata pra gelar e joga as cinzas no cinzeiro
Aqui o doce é dividido. Ninguém toma ele inteiro
Solta o som lá do fulano e deixa a noite rolar
E deixa a gente ser só massa de farinha sem fubá

Ande como todos
Se vista como todos
Faça o que todos fazem
Tenha só planos comuns
Viva como todos
Pense como todos
Ame como todos
E seja só mais um

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct