Photo of the artist Fresno

Cada Acidente (part. Tuyo)

Fresno


De tanto me esconder
Acabei por me perder
Achava que era o fim
Tava tão longe de mim
Sem ar no meu pulmão
Me agarrei na tua mão
Tua alma eu respirei
Pra casa não voltei
De tudo que me aprisionava
Eu me livrei

Guardei para mim
Nos meus cinco sentidos
Gravado para sempre
O tempo eu distorci
Pra ele não distorcer a gente

Cada acidente me fez diferente
E te colocou (eu nem lembrava, como que falava)
Bem na minha frente
Meu coração parou

Tá pensando o que?
Que eu ia me esquecer
Construí dentro de mim
Um lugar só pra você
Então não some não
Que eu tenho medo da escuridão
Suas coisas tão aqui
Eu nunca arrumei
No reino da tristeza
Eu cansei de ser rei

Guardei para mim
O que eu pude levar
Mas perdi de repente
O tempo eu distorci (distorci)
O tempo é criação da mente

Cada acidente me fez diferente
E te colocou (eu nem lembrava, como que falava)
Bem na minha frente
Meu coração parou

Somos acidente que bateu de frente
Ninguém planejou (eu nem lembrava, como que falava)
Somos uma enchente
Que o Sol jamais secou

Cada acidente me fez diferente
E te colocou (saudade eu não sentia, que eu nem mais lembrava)
Bem na minha frente
Meu coração parou

Somos acidente que bateu de frente
Ninguém planejou (a dor que eu sentia, ressignificada)
Somos uma enchente
Que o Sol jamais secou

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct