Eu finjo nem pensar
Nas horas tão vazias que pareço encontrar
E sinto desabar
Os enganos dessa vida que só restam lamentar
Tragédias vão passar
Como tristes labirintos que eu tentei atravessar
São riscos pra correr
E essas pedras já perdias que me fazem aprender...

Derrotas pra saber
Nesses tempos já tão cinzas que eu pedi para não ver
Não penso em me guiar
Pelas atrações maldosas que me fazem acreditar
Estranho recordar
Frases ditas sem história como peças pra montar
Caminhos pra viver
Quase sempre tão estranhos que te ensinam a perder

Mas hoje vou buscar
Os sonhos pra lembrar
Não sei se vou voltar...

O medo vai passar (e não vou nem olhar para trás)
Mas nada vai mudar
Vou tentar esquecer
Toda dor que senti sem querer nem saber o porquê

O medo vai passar (e não vou nem olhar para trás)
Mas nada vai mudar
Vou tentar esquecer
Toda dor que senti sem querer nem saber o porquê.

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct