Quando a esperança morre
Nasce outra em seu lugar
Criando novas asas
E aprendendo a voar

Uma estrela sozinha
Estava tanto tempo ali
Foi vista aqui debaixo
Por segundos até sumir

E num piscar de olhos desintegrou
A quem não conhecemos se integrou
Nos entregou ao que se foi e nunca mais vai ser
São coisas que custamos a entender

Porque ela sumiu
Ela explodiu no céu
Porque nada é eterno
Por mais belo que se é

Mas se olhar pra cima
É fácil de enxergar
Tudo ao seu redor
Virando ouro sob a luz

Os átomos aquecem
Pedindo transformação
Moléculas se agitam
Pondo o mundo em rotação

Costumes se repetem
Construindo tradições
Padrões se transformaram
Em constantes repetições

Voando sob o espaço cideral
Sabendo conhecer meu alto-astral
Tocando o que circunda o Sol
O astro celestial
Corpos se encontrando aqui e ali

Entrando uns nos outros
Num ritmo sem igual
Tudo virou dança
E a rainha é quem conduz

O que ela toca acende
E vira transcendental
Tudo ao seu redor
Vibrando em ouro sob a luz

Tudo ao meu e ao seu redor
Vibrando em ouro sob a luz

A luz

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct