Aqui nesse lugar
Nem fogão-a-lenha tem
Agora pra me esquentar
Basta eu me deitar
Que o abraço dela vem

Ela me fez botar um tênis
Usa umas calça mais folgada
Um sinto que é de pano
Que não vale é de nada

To com saudade
Da minha bota
Com saudade da espora
Já não ando a cavalo
E eu nem gosto de carro
Como vou embora agora?

Cadê minha calça apertada
Meu chapéu de boiada
Minhas várias madrugadas
Com você dentro das baia?

Feito arroz com feijão
Minha voz com violão
Você feito uma prenda
E eu tocando uns modão

Aqui nesse lugar
Nem fogão-a-lenha tem
Agora pra me esquentar
Basta eu me deitar
Que o abraço dela vem

Eu te amo de paixão
Mas você tem que me entender
Que eu gosto é de fogueira
E de café na chaleira
E deitar na rede
Pra ouvir moda campera

Te amo de paixão
Mas você tem que me ouvir
Que se um dia eu te trair
Só pode ser com você
Ou com o mato de onde vim

Aqui nesse lugar
Nem fogão-a-lenha tem
Agora pra me esquentar
Basta eu me deitar
Que o abraço dela vem

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct