Photo of the artist João Bosco e Vinícius

Deixa a Gente Quieto (part. Henrique e Juliano)

João Bosco e Vinícius


Quem falou
Que querer não é poder?
Eu te quero, e você pode
Fazer de mim o que quiser

Quem falou
Que dois corpos não ocupam
O mesmo espaço, nunca viu
Nem de perto o nosso abraço

Quer saber? Que se dane esse povo todo
Nosso amor não precisa de plateia
Do nosso jeito torto, fica tudo certo
Ô povo curioso, deixa a gente quieto, uôô

Fazer o quê, se até as nossas brigas são perfeitas?
O que a gente sente tá acima de qualquer suspeita
Se a gente tá bem, não deve pra ninguém
Deixa nós, respeita

Se até as nossas brigas são perfeitas
O que a gente sente tá acima de qualquer suspeita
Se a gente tá bem, não deve pra ninguém
Deixa nós, respeita

Respeita!

Quer saber? Que se dane esse povo todo
Nosso amor não precisa de plateia
Do nosso jeito torto, fica tudo certo
Ô povo curioso, deixa a gente quieto, uôô

Fazer o quê, se até as nossas brigas são perfeitas?
O que a gente sente tá acima de qualquer suspeita
Se a gente tá bem, não deve pra ninguém
Deixa nós, respeita

Se até as nossas brigas são perfeitas
O que a gente sente tá acima de qualquer suspeita
Se a gente tá bem, não deve pra ninguém
Deixa nós, respeita

Se até as nossas brigas são perfeitas
O que a gente sente tá acima de qualquer suspeita
Se a gente tá bem, não deve pra ninguém
Deixa nós, respeita

Se a gente tá bem, não deve pra ninguém
Deixa nós, respeita

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Michel Alves | Ruan Soares / Rafael Torres · This isn't the songwriter? Let us know.
Sent by Fernando, Subtitled by Kathellen
Did you see an error in the lyrics? Send us your correction.