views 13

Pela mão do homem

João Vitor e Aliel


Como vento nas folhas do mato
Derrubando os frutos
É a mão do senhor sobre a terra
Cuidando de tudo

É um tempo sem paz onde há guerra
Destruindo o mundo
Onde o homem perdeu a noção
E o sentido de tudo

É um medo, é rancor, é um grito de dor
Que ninguém escuta
É o homem olhando pro nada
É soldado sem pátria
Fugindo da luta

A ganância, o dinheiro e o poder
Desta gente sem nome
É a mãe que chora sobre o filho
Que morreu de fome

Fim dos tempos da vida, da era
Pois secou nossa fonte
É o inferno plantado na terra
Pela mão do homem

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct