views 21

Eu andava certa noite dia 13, sexta
Triste sozinho desconfiado perdido cabreiro besta
Resolvi sair por aí chutando pedras
Contando estrelas, cometas
Por dentro mil pensamentos
Perguntas do tipo
Que vida é esta?
Que vida é esta?
Que vida é esta?
Que vida é esta?

Uma voz dentro da noite
Respondeu-me como assombração
Isso é tudo que te resta
Isso é tudo que te resta
Isso é tudo que te resta
Isso é tudo que te resta, ô meu

Eu disse: Até amanhã
Tenho muitos compromissos
De madrugada vou pra França vou pra Nice
Fazer um curso de dança
A voz decretou-me
Você vai mas você volta
Você vai zuuum mas você volta
Você vai mas você volta
Você vai mas você volta
Você vai dançar, mas você volta qui

Um disco voador
De mim se aproximou
De dentro dele uma voz
Aconselhou-me
Sabe o que você faz?
Pergunta pra essa outra voz
Que parece assombração, o seguinte
E o quico?
E o quico?
E o quico?
E o quico?
E o quico e o quico e o quico?

E o quico tenho com isso, meu
E o quico tenho com isso
E o quico tenho com isso, meu
E o quico e o quico e o quico e o quico?
E o quico tenho com isso?
E o quico tenho com isso, meu
E o quico e o quico e o quico e o quico

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Itamar Assumpção. Isn't this right? Let us know.