A doença dessa mina é secreta, secreta mina, secreta
Levei ela no ginecologista, gineco, logista
A mina é alfa
A mina é beta
E lá no meio tem uma coisa que secreta
A mina é gama
A mina é delta
E desse jeito vai melar a minha cueca, valeu

A doença dessa mina é secreta, secreta mina, secreta
A placa do carro dela é NaCl, cloreto de sódio
Eu vi a Teta
E coisa e Tao
Mas precisava era dum papa Nicolau
Fiu pro meu Ômega
Gritei: "Ô Nega!
Tem maionese no meu peru de Natal, valeu"

A doença dessa mina é secreta, secreta mina, secreta
A mina tinha um puta cheiro de boston, que Boston, Chicago
Eu vi a Teta
E coisa e Tao
E rapidinho endureceu a minha rima
Se ela me me kapa
Perco a piroca
Já to me vendo no consultório do seu Noca, valeu

A doença dessa mina é secreta, secreta mina, secreta
Ela tem um que de Imelda Marcos, ah Marcos, que Imelda
A mina é alfa
A mina é beta
E além de gorda ainda era analfabeta
A mina é gama
A mina é delta
E ainda por cima peida embaixo das coberta, valeu

A doença dessa mina é secreta, secreta mina, secreta
Ela sarou e eu fiquei aliviado
Ali, viado

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct