Delírios de Uma Orgia Noturna

Luxúria de Lillith


Nos rios de sangue dos mortos sofridos
Sou cinzas de um povo pagão
Desgraças futuras dos filhos do ódio
Alimentam as dores viventes da escuridão

Orgias...Das trevas da noite dos delírios ao fim
Orgias...Dos corpos cansados entregues ao puro prazer

Entardece meus dias sangrentos de trevas
Me despeço da luz como um luar
Frutos pagãos de uma força infinita
Obstina o desejo de ódio ao pai

Orgias...Das trevas da noite dos delírios ao fim
Orgias...Dos corpos cansados entregues ao puro prazer
Lamentações...

Quando abraço a morte na escuridão
Me vejo eterno nas sombras pagãs
Desgraças de uma vida infame
O erro do homem eu irei cultivar

Orgias...Das trevas da noite dos delírios ao fim
Orgias...Dos corpos cansados entregues ao puro prazer

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct