Todo mundo tem um mapa.
Mapa, que mapa... eu estou a deriva, a deriva...
Alguns são feitos a caneta,
Outros cravados a ferro e fogo.
E outros são quase transparentes.
Não enxergo um palmo à frente do nariz...
tudo é muito escuro, uma escuridão, um breu!
Há também aqueles que são como as linhas das mãos,
Acho que o mapa de Sissi é assim.
Sissi, sissi, que sissi - lá vem você com essa história de sissi, sissi
Ela nasceu com a mão esquerda para ser imutável,
E a direita em eterna insconstância.
Haaha, quer apostar, quer apostar, quer apostar?

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct