Não É Desgraça Ser Pobre

Mariza

vistas 308

Não é desgraça ser pobre,
não é desgraça ser louca:
desgraça é trazer o fado
no coração e na boca.

Ao nascer trouxe uma estrela;
nela o destino mercado.
Não foi desgraça trazé-la:
desgraça é cantar o fado.

A moedinha de prata
vale mais do que a de cobre
Se a pobreza não nos mata
não é desgraça ser pobre

Desgraça é andar a gente
de tanto cantar, já rouca,
e o fado, teimosamente,
no coração e na boca.

Composición: Norberto Araújo / Santos Moreira · ¿Ese no es el compositor? Avísanos.
Enviada por Erica
¿Ha visto algún error? Envía tu correccíon.