Quando Eu Sair Daqui

MC Livinho


Quando eu sair daqui
Vou dar um raspa lá na casa da família pra abraçar
Consegue me ouvir daí
Eu sei que sim, pois minhas cartas são a forma de me expressar

Quando eu sair daqui
Vou ver minha filha que aprendeu falar papai
Mesmo sem eu tá lá
Quando eu sair daqui primeira coisa que vou ler
É minha carta do alvará

Saudade de pisar na grama
Dar bom dia a quem me ama
Brindar de copão na mão copão na mão
Eu vejo os avião passando e os motor acelerando
Eu já tive lá já tive lá

No raio tem uns que é parceiro outros que só fica olhando
Esperando eu errar não vou errar
Único filme que assisto todo dia é da minha vida
Que eu deixei pular deixei pular

Quando eu sair daqui
Vou dar um raspa lá na casa da família pra abraçar
Consegue me ouvir daí
Eu sei que sim, pois minhas cartas são a forma de me expressar

Quando eu sair daqui
Vou ver meu filho que aprendeu falar papai
Mesmo sem eu tá lá
Quando eu sair daqui primeira coisa que vou ler
É minha carta do alvará

Quem vê a cara não vê coração
Porque o coração é terra de ninguém
Não é de ninguém
Quando as grades se fecharam foram poucos que lembraram
De me visitar me visitar

Prenderam o corpo mais a alma e a mente já não vive
Mais nesse lugar nesse lugar
O mãe não chora porque vai chegar a hora
E nós juntos vamos caminhar em outro lugar

Quando eu sair daqui
Vou dar um raspa lá na casa da família pra abraçar
Consegue me ouvir daí
Eu sei que sim pois minhas cartas são a forma de me expressar

Quando eu sair daqui
Vou ver minha filha que aprendeu falar papai
Mesmo sem eu tá lá
Quando eu sair daqui primeira coisa que vou ler
É minha carta do alvará

E as lágrimas vão rolar rolar
E vão rolar no rosto
E as lágrimas vão rolar rolar
E vão rolar no rosto
E as lágrimas vão rolar rolar
E vão rolar no rosto
E as lágrimas vão rolar rolar
E vão rolar no rosto

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct