Eu não quero que penses, querida
Que eu sofro por te querer
A ilusão que foi meu castigo
É a razão do meu padecer
Eu sinto saudade de alguém
Que padece sem merecer
É o sangue do meu próprio sangue
E é a razão de todo o meu ser

Eu não peço que siga os meus passos
Pois o nosso amor terminou
Ficará gravado na mente
O erro que praticou
O mundo é um livro aberto
Pra ensinar quem não sabe viver
E as lições são bem declaradas
E tão fácil de compreender

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: José Rico / Sargento Juarez Miranda. Isn't this right? Let us know.