A VIDA E ASSIM
Letra e Música: Ricardo Fiorini

As vezes somos máquinas
E não seres humanos
Estamos aqui para aproveitarmos o mundo
Do jeito que queremos
Eu amo a música e tudo que ela tem
Por dentro e por fora
Mas eu amo você também
E o teu corpo que me trás calor
Principalmente quando está bem junto do meu
É uma conturbação inexplicável
Os seus cabelos soltos e a sua pele macia
Eu fico louco de saber que é você

A vida
As vezes é injusta
Nos momentos mais felizes
Que sabemos que erramos
Mas a verdade dói
Mas infelizmente
Ainda vão compreender
Que a vida é assim

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct