Ela todo dia vira a noite
E diz que a noite é que vira dia
Toda noite vira Mary
E dança a dança do dia, te guia
Pára de passá papel malhado
Na Lancheria, Maria

Assalta o american way
Índia de Credicard
Negra morcega arretada
Samba pra japonês, salsa pra português
Valsa pra Ruben Rada
Chupá mandanga e dá risada

Que quando o rato roer a roupa do rei
Vai se ver que nome a América tem
Sacudindo as ancas em latim
Levando o mundo livre rendido a tiros de festim

Vai ser assim: a Mary cá
E a gente ali, invadindo o Tennessee
A Mary aqui, a gente lá
Salvando o Canadá

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct