Sempre que eu me sinto legal
Levando uma vidinha sincera
Ela parece que se importa
Esconde atrás da porta o meu bourbon
E mente pro pai dela que eu tô bom

E sempre quando eu fico pinel
Jogando pratos pela janela
Ela então desaparece
Esquece que eu existo até o natal
E diz pro mundo inteiro que eu sou mau

Tudo é melodia, tudo tem seu dia
Tudo um mero acaso
Eu quase que caso e que caio do altar
Tudo é melodrama, tudo fantasia
Tudo um caso sério
Tudo que é lindo desmancha no ar

E sempre quando eu volto ao normal
Compreendo que o amor é traiçoeiro
Jamais esquecerei dos seus cabelos
Cachos e novelos
Entupindo o ralo do chuveiro

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct